Publicado em 13 de fevereiro de 2014 às 15:27

Aeroporto não terá filas no check-in e despacho de bagagem

O aeroporto Changi, em Cingapura, está trazendo uma novidade aos passageiros que não gostam de pegar filas. Além de permitir auto-check-in automático, será possível etiquetar e despachar as próprias malas, tornando os passageiros independentes dos funcionários de companhias aéreas.

Segundo Tan Lye Teck, vice-presidente executivo do terminal, a ideia é oferecer uma experiência suave e livre de estresse aos passageiros. Ele diz, ainda, que menos tempo em filas significa mais tempo para usufruir das lojas de Changi. Em 2013, os mais de 50 milhões de passageiros que passaram pelo local gastaram US$ 1,6 bilhões nas lojas do aeroporto.

Por estar dentro do contexto altamente competitivo dos aeroportos asiáticos, Changi proporciona diversas comodidades e opções de lazer aos seus viajantes. Entre elas, destacam-se um mini cinema, cadeiras de massagem gratuitas e até mesmo um jardim de borboletas.

Aeroporto do Galeão

O Changi Airport Group, responsável pela gestão do aeroporto de Cingapura, integra o consórcio que administrará o aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. O consórcio, com uma proposta de R$ 19,018 bilhões  arrematou a concessão do terminal no final de 2013. Até o momento, os objetivos propostos para o Galeão são, principalmente, os de oferecer acessos de Wi-Fi, infraestrutura de recarga de pontos eletrônicos e melhor praça de alimentação.