Publicado em 24 de março de 2015 às 16:56

Galeão investirá R$20 mi em seus terminais até 2016

A concessionária RIOGaleão, que administra o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, planeja investir cerca de R$20 milhões no terminal de cargas até 2016. O objetivo é diversificar as cargas que chegam no aeroporto. Para isso, a reforma deve garantir novos galpões, escritórios, equipamentos e procedimentos para que a liberação das cargas torne-se mais ágil.

O investimento na diversificação surge após uma queda de 11,2% nas importações de óleo e gás – que representam 20% de toda movimentação do terminal, de cargas do Galeão. Porém, o diretor do RIOGaleão Cargo, Patrick Fehring, mantem-se otimista, pois enxerga a longo prazo os efeitos da exploração do pré-sal na recuperação do setor.

Para agosto de 2015 estão previstos a conclusão da reforma do terminal, ampliação da frota de empilhadeiras e da câmara fria – essencial para o transporte de fármacos.

Concorrência com aeroportos de São Paulo

A busca por melhorias em seu terminal de cargas é motivada pela concorrência entre o Galeão e aeroportos como o de Guarulhos e Viracopos. Os paulistas investiram R$100 milhões desde 2012, em seus terminais – Viracopos acaba de inaugurar um terminal “caixa-forte” para cargas de alto valor agregado.

Para se ter uma noção, Viracopos chega a concentrar 75% do mercado alemão em seus terminais.