Publicado em 27 de abril de 2016 às 16:03

Empresa cria drone para combater o Aedes Aegypt

Com câmera de alta resolução, Vant tem sistema inovador para aplicar larvicida nos focos do mosquito

Uma nova arma foi disponibilizada para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor do zica vírus, dengue, febre amarela e chikungunya.

Foi apresentado, no Rio de Janeiro, o primeiro Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado) equipado com um disseminador de larvicidas, ideal para a aplicação em locais de difícil acesso. O equipamento foi desenvolvido pela empresa carioca Santos Lab.

O aparelho é controlado remotamente e possui uma câmera de alta resolução, o diferencial se encontra no aplicador de larvicida a volume variável. Além disso, a ferramenta é capaz de mapear as áreas sobrevoadas gerando cartas referenciais precisas das localidades. Com esses dados, os municípios poderão criar melhores sistemas de prevenção.

“O sistema pode entrar em locais de difícil acesso e aplicar o produto químico com precisão e regulagem de dosagem, o que facilita muito a operação de combate ao mosquito”, explicou Gabriel Klabin, presidente da Santos Lab. Confira o equipamento em ação no vídeo abaixo: