Publicado em 2 de dezembro de 2014 às 16:38

Galeão ganha autorização para operar os aviões A380 e B747-8

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou nesta segunda-feira (01/12) uma portaria que autoriza o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão, no Rio de Janeiro) a receber os “super jatos” Airbus A380 e Boeing 747-8. O Galeão é o primeiro aeroporto brasileiro autorizado a operar regularmente os voos das duas maiores aeronaves de passageiros do mundo.

A autorização foi concedida depois da concessionária RIOgaleão, que administra o aeroporto, realizar reformas para atender os requisitos de segurança da Anac. Uma das exigências era elevar o nível de proteção de incêndio para o índice 10, a categoria mais alta. Para cumprir esta demanda, os acostamentos das pistas foram alargados, a equipe de brigadistas aumentou em 30% e foram comprados novos carros de combate a incêndio, considerados os mais modernos do mercado.

Luiz Rocha, presidente da RIOgaleão, comentou a decisão da Anac: “Estamos muito orgulhosos de sermos o primeiro aeroporto do Brasil a receber essa certificação. A ANAC trabalhou de forma diligente para que viabilizássemos essa conquista, que demonstra o nosso compromisso em levar ao nosso passageiro conforto, comodidade e segurança. Estamos em entendimentos com as tradicionais companhias aéreas que demonstraram interesse em trazer voos regulares com os gigantes aviões para as terras cariocas”.

Air France, Emirates e a Lufthansa são algumas das companhias aéreas que operam os gigantes Airbus A380 e Boeing 747-8. O Airbus tem capacidade para 525 passageiros (mas pode voar com mais de 800 pessoas se todos os assentos forem classe econômica), enquanto o avião da Boeing pode carregar 467 passageiros divididos em três classes. Os “super jatos” são mais econômicos e ainda podem oferecer serviços como bares, lojas e cabines de banho.